28 de abr de 2014

Fábula - A Cigarra e a Formiga




Narrador: Em uma floresta muito alegre e divertida, viviam uma cigarra e várias formigas.
A cigarra cantava  alegremente embaixo de uma árvore.
Cigarra cantar:

Eu sou a cigarra
Sou muito cantadeira
Eu canto dia e noite
Eu canto a noite inteira.
Narrador: Enquanto isso as formigas trabalhavam carregando centenas de folhinhas para o formigueiro.
Então a cigarra perguntou:
Cigarra:  -  Por que vocês trabalham tanto assim? Vocês deveriam ter uma vida mais fácil. Venham cantar comigo!
Eu sou a cigarra
Sou muito cantadeira
Eu canto dia e noite
Eu canto a noite inteira.

Formiga: - Não podemos, Nós estamos guardando comida para não faltar durante o inverno. Venha trabalhar com a gente!
  E a cigarra continuou a cantar...
Eu sou a cigarra
Sou muito cantadeira
Eu canto dia e noite
Eu canto a noite inteira.
Narrador: O inverno chegou, os flocos de neve caíram do céu sem parar. A cigarra não tinha o que comer. Tudo ficou congelado.
 Faminta, a cigarra bateu à porta do formigueiro, pedindo para entrar.
Cigarra: _Ajude-me, amigas, estou faminta!
Formigas:__Porque você não trabalhou, dona cigarra?
Cigarra: __Eu cantava para alegrar o trabalho de vocês, mas agora não tenho força,comida, nem abrigo.
Formiga:__Entre, vamos ajudá-la.
Narrador: As formigas ofereceram à cigarra um delicioso jantar e uma cama macia.
A cigarra ficou protegida dentro do formigueiro até o fim do inverno.
Veio a primavera, a cigarra agradeceu ás formigas e continuou a cantar, alegrando o trabalho delas.






Nenhum comentário:

Postar um comentário